Conheça os húngaros e a inspiração da cultura dos Orcs

A Rica cultura órquica é baseada na cultura dos húngaros, um povo guerreiro que pilhava a Europa e se assentou numa região desértica após um sonho.

Os húngaros, também conhecidos como magyar, são um grupo étnico originário nos montes urais na Europa Central. Veja que este termo se assemelha a forma como os Orcs de Draenor não corrompidos são chamados: Mag’har. Mas as semelhanças só começam por aí.

Segundo a tradição do povo Húngaro, os magyares organizaram-se em sete tribos, chamadas JenőKérKesziKürt-GyarmatMegyerNyék e Tarján. Não encontramos as traduções para os nomes das sete tribos, porém, elas podem ser associadas aos sete clãs principais dos Orcs: Lauguing Skull, Thunderlord, Warsong, Bonechewers, Shattered Hand, Bleending Hollow e Shadowmoon. Em ambas as culturas, um líder de clã comanda a todos. Em World of Warcraft era o Mão Negra e para os húngaros Árpád.

wow world of warcraft draenor map mapa warcraft 2 beyond the dark portal hungaros
Mapa de Draenor de Warcraft 2

 

Traços culturais

Culturalmente, os húngaros possuem várias semelhanças com os orcs. Em ambos os povos era tradicional morar em Huts, como visto em vários games da franquia e documentado na história do povo. Também existe forte influencia do xamanismo em ambas culturas, sendo tão tradicional que inclusive é uma classe dentro do jogo. Os húngaros eram conhecidos como exímios guerreiros e arqueiros, com uma ligação muito forte com seus companheiros cavalos. Os orcs também possuem essas características, como excelentes guerreiros e caçadores, bem como, sua ligação com suas montarias, no caso, os lobos gigantes.

wow world of warcraft draenor map mapa warcraft 2 beyond the dark portal hut hungaros
Cabanas Orquicas e Húngaras

Na história dos Orcs seu mundo estava morrendo e por isso invadem Azeroth, pilhando cidades e aterrorizando a população. Depois de diversas incursões, se assentam em Durotar e fundam Orgrimmar. Já os húngaros viviam na Asia e invadiam a Europa, pilhando e aterrorizando, até se assentar na região entre Cárpatos e o rio Dniepre. É interessante associar que em ambos os casos existia o sonho de um lugar melhor, a esperança de que em Azeroth/Europa pudessem viver em paz. E só se assentaram em uma região quando os reinos fizeram uma aliança para evitar que os invasores continuassem sua pilhagem.

 

O sonho de Thrall/Elese

Por fim, em Warcraft 3, Thrall tem um sonho em que um pássaro lhe diz que é preciso levar seu povo para o Oeste e encontrar a paz. Na cultura Húngara existe uma semelhança com o sonho da mãe de Almos, Emese. Neste sonho ela diz:

“Na lenda, Emese, a esposa do chefe Ögyek (Ügek), foi engravidada por um pássaro turul. O turul apareceu a ela em um sonho e disse-lhe que de seu ventre um grande rio começaria e fluiria por terras estranhas. De acordo com os intérpretes de sonhos, isso significava que ela daria à luz um filho que conduziria seu povo para fora de sua casa na Levédia, e que seus descendentes seriam reis gloriosos. O filho de Emese chamava-se Álmos; o seu nome deriva da palavra húngara álom, que significa sonho, pelo que “Álmos” pode ser interpretado como ‘o Sonhado’.”

Assim como Thrall, Almos iniciou a trajetória da unificação dos clãs húngaros, migrando para o Oeste depois de um sonho. Seu filho Árpád termina a unificação e se torna o líder dos clãs.

Fontes:



Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x