Entrevista Mari Hatsue

Postado em

Nesta entrevista com a Mari Hatsue conhecemos um pouco mais sobre a incrível arte do Cosplay. Conheça mais sobre essa Cavaleira da Morte e das muitas faces que já assumiu.

Mari Hatsue é uma cosplayer de Curitiba, ganhadora de diversos concursos, sendo o mais recente o Shinobi Spirit. Nesta entrevista ela conta sobre o processo de criação de cosplay e sua experiência com World of Warcraft. Com vários personagens de World of Warcraft, hoje ela apresenta sua nova criação, a Cavaleira da Morte.

 

Entrevista Mari Hatsue

Para começar, Mari faça sua apresentação! Qual o seu nome, como você pode ser encontrada nas redes sociais?

Olá! Me chamo Mariane, mas ninguém usa meu nome completo. Então, fica Mari mesmo. Posos ser encontrada por @marihatsue no instagram e @maripoppings no Twitter. Facebook até tenho, mas já não uso faz muito tempo.

O que fazer cosplay significa para você?

Fazer cosplay  significa um lugar aonde posso me desestressar da realidade. Posso unir artesanato e pintura em uma coisa que não vai ficar presa apenas para mim mesma, podendo mostrar meu trabalho para todos e me desafiar sempre nas construções das roupas, armas e armaduras.

wow world of warcraft shadowlands mari hatsue cosplay dk dead knight elf night elf
Cavaleira da Morte por Mari Hatsue

 

Há quanto tempo você é cosplayer e qual foi seu primeiro contato com o mundo do cosplay?

Faço cosplay há 10 anos. Me sinto velha falando assim hahaha; Meu primeiro contato foi indo em um matsuri daqui de Curitiba, toda aquela gente fantasiada… Pensei comigo: mas num pode ser! ”,  “Olha que coisa bacana, será se eu…” No próximo matsuri estava eu com um cosplay de colegial. Gostei tanto que nunca mais parei!

 E com World of Warcraft? Qual a sua história e como chegou no game? Qual é seu main char?

Este ano levei um sustinho, pois nunca tinha me dado conta que jogo desde 2012 e assim são 8 anos. (Ok, ok, 7 anos e meio, pois acabei parando e estou esperando a próxima expansão). Meu primeiro contato foi através de um amigo (Bjos, Rodolpho!), ele sempre falava do jogo para todos, até que quando consegui um PC melhorzinho  ele me presenteou com o WoW –Cataclysm. Meu main era uma Warrior protection, mas acabei trocando para um DK frost depois de anos como tanker.

wow world of warcraft shadowlands cosplay dk dead knight elf night elf aleria

E qual foi o seu primeiro cosplay? E como foi a sensação usando ele?

Eu fiz a Shana de Shakugan no Shana! Era incrível e esquisito. Você pode ser alguém que gosta por um dia, desprendido da realidade, incrível. Ter poderes, incrível.
Todo mundo vinha bater foto com você, esquisito. Quando que iriam parar pra tirarem foto comigo? Acho que nunca. As pessoas acham que por fazer cosplay sou extrovertida, mas sou o contrário; Não entendia direito porque elas vinham… Bons tempos.

Você já acompanhava alguns cosplayer antes de começar a fazer cosplay?

Não acompanhava ninguém e simplesmente me aventurei sem saber de nada. A vivência foi a melhor escola e hoje eu costumo acompanhar cosplayers diversos.

Para você, quais são as maiores dificuldades e desafios de um cosplayer no Brasil?

Para mim a dificuldade é acerca de alguns materiais para acabamento, como tintas, vernizes, material caro. Além da dificuldade com alguns eletrônicos, seja pelo preço ou dificuldade de encontrar peças. Já os desafios eu considero se manter firme diante de picuinhas, porque se você der atenção praquilo que atrapalha sua evolução, de repente viram vários probleminhas que tomam proporções gigantes por algo muito simples.

wow world of warcraft shadowlands mari hatsue cosplay dk dead knight elf night elf sylvana wildrunner correventos entrevista
Mari Hatsue como Sylvana Correventos

De todos os cosplays que você já fez, qual é seu favorito?

Agora com certeza é meu set de DK do desafio das masmorras, lá de Pandaria. Fiz ele para representar meu char! Apesar de ainda ser uma personagem, uma elfa, ser “você mesmo” é libertador de seguir poses, caras e falas de um personagem consagrado como a Sylvanas, por exemplo.

O que você acha mais divertido na pratica do cosplay?

Poder pintar as coisas depois de prontas e usar! Eu gosto muito de dar vida para o que crio, como se aquela coisa tivesse passado por uma história. E usar… Bem, eu gosto de ver o resultado final e a reação das pessoas quando veem.

Têm algum cosplay que você ainda quer fazer, pode revelar pra gente?

Tenho alguns em mente, mas o mais curioso é  a Power Armor do jogo Fallout 3.

 Já sofreu algum preconceito na rede ou em algum do qual tenha participado?

Na internet a aceitação é mais fácil, apesar de já ter recebido comentários negativos acerca da minha aparência. Já no real falaram faço cosplay por ser japonês e japonês é tudo maluco. Também já me menosprezaram como se o hobbie me tornasse menos digna, menos pessoa. Apesar de não usarem palavras duras, as entrelinhas e perguntas deixavam claro.  Eu sempre fico receosa quando me apresentam como cosplayer pois não sei o que esperar do próximo.

wow world of warcraft shadowlands mari hatsue cosplay dk dead knight elf blood elf elfo sangrento priest sacerdote

Falando da nova expansão, Shadowlands, quais são suas perspectivas em relação a ela? Já escolheu seu pacto?

Estou ansiosa para reencontrar velhos personagens e ver o desfecho de outros. Vejo comentários bons e ruins sobre a lore, sobre o grind, itens… Mas não consigo me prender a isto. Quero conferir por mim mesma! Sou o tipo de jogadora que está lá para acompanhar o lore e se distrair das atividades diárias, sem estresse e pressão. Shadownlands para mim, está prometendo. (Como é ruim comentar com medo de spoilar alguma coisa, hehehe)

Eu estou pendendo a fazer o pacto de Revendreth. Não jogo em server RP, mas gosto de pensar que meu DK tem um nome, teve uma vida antes da morte e é curioso em entender as diversas motivações obscuras que levaram caos em Azeroth.

Para finalizar, tem algum conselho para aqueles que estão planejando começar ou para quem já esta nessa vida?

Sim! Façam suas atividades com motivações que te agradem verdadeiramente. Não se apresse, não se oprima por causa de outros, o cosplay de antemão é algo somente seu, pois você é único e é a sua cara que estará dando vida ao personagem. E também não se esqueça que te agradar verdadeiramente não é ser egoísta, seja empático para tornar a comunidade a sua volta agradável para todos.

 

World of Warcraft Shadowlands

World of Warcraft Shadowlands é a oitava expansão do maior MMORPG de todos os tempos. De acordo com a Blizzard, ela chega no dia 26 de outubro de 2020, às 20h. Shadowlands conta então a história pós-eventos de Battle for Azeroth. Com o propósito de acabar com o domínio sobre o Flagelo, Sylvanas destrói o Elmo da Dominação do Lich Rei Bolvar Fordragon, liberando o Flagelo e rompendo o véu que liga o mundo dos vivos para o mundo dos mortos.

Reinos ocultos de maravilhas e horrores aguardam quem chegar ao outro lado. As Terras Sombrias são o lar de todos os que já se foram, um reino entre mundos cujo tênue equilíbrio preserva a vida e a morte.

É neste cenário que os Heróis de Azeroth precisam tentar evitar que a máquina da Morte seja quebrada e acabe com o Mundo como conhecemos. Você pode saber tudo sobre a expansão em nossa hub.



Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Especial Shadowlands

wow world of warcraft guia guide bfa battle for azeroth missões mundiais world quests nazjatar essencias essences coração de azeroth heart of azeroth hoa cda manto Ashjra’kamas a Mortalha da Determinação N'zoth Ataque em Uldum Visões Horrendas

Jabá

Detonado

Ultimos Guias

Guia TradeSkillMaster
Otimização do Personagem em Shadowlands
Jenafur – O Pet de Batalha Desvendado
Novos Afixos em Shadowlands
Arqueologia em Pandaria

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x